Posted on segunda-feira
Reblog this27.990 notas
E se eu te olhar cem vezes, acredite, em cada uma delas estarei me apaixonando um pouco mais.
Caio Fernando Abreu. (via merelyonekilljoy)
via source
Posted on quinta-feira
Reblog this24.126 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this1.653 notas
Por ele eu não seria, por ele eu sou. Sou todos os sorrisos do mundo, frouxos e escancarados em uma só boca. Por ele eu sou todos os abraços que não se cabem em apenas um. Por isso por ele eu sei ser dois-três-ou-oitocentos abraços em um único. Eu sou plumas, sou clichês, sou rosas e borboletas. Por ele eu sou toda essa loucura que a gente é quando encontra alguém capaz de nos fazer rir assim, como se um mero sorriso fosse capaz de abrir um céu enorme e cheio de constelações dentro da gente. Como se o encanto do mundo, estivesse ali, no céu daquela boca.
Jhennifer Wernek.  (via fraquejou)
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this72.308 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this6.464 notas
Eu conheci você, porque eu precisava de alguém assim. Alguém me me ouvisse e não julgasse, que não exigisse de mim tanto quanto eu já exijo. Alguém que eu possa dormir sem me preocupar se vai estar aqui quando eu acordar, porque eu sei que vai e ao mesmo tempo que eu não me sinta tão desconfortável por não ser capaz de ser boa o bastante. Eu procurava muito e encontrei você.
Carpejar. (via eternismo)
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this14.636 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this86.439 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this217.375 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this23.630 notas
Eu lhe prometo ser fiel, na saúde e na doença, na alegria e na tristeza. Eu prometo amá-la incondicionalmente, apoiá-la nos seus objetivos e sonhos, honrá-la e respeitá-la, rir e chorar com você, dividir com você minhas esperanças e sonhos e lhe dar conforto quando necessário. E tratá-la com carinho por todos os dias da nossa vida.
50 Tons de Liberdade.  (via eternismo)
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this29.374 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this5.371 notas
É possível amar a mesma pessoa uma vida toda. Se apaixonar infinitamente todos os dias, várias vezes ao dia, sempre. É possível sentir o sangue correr pelo corpo ferozmente ao ver o seu grande amor, sentir o frio na barriga, sentir o abraço e o beijo como se fossem os primeiros. É tudo possível quando se ama.
Reciteis.  (via odeiorotulos)
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this42.905 notas
Mas eu amo, é o que importa. Amo demais. Sem discursos, sem frase de efeito, sem irresponsabilidades. Eu sei porque se não fosse tão forte eu não ficaria sem palavras.
Gabito Nunes   (via sincronizar)
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this86.104 notas
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this4.352 notas
De uma coisa podemos ter certeza: de nada adianta querer apressar as coisas. Tudo vem ao seu tempo, dentro do prazo que lhe foi previsto. Mas a natureza humana não é muito paciente. Temos pressa em tudo! Aí acontecem os atropelos do destino, aquela situação que você mesmo provoca, por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo. Mas alguém poderia dizer: Mas qual é esse tempo certo? Bom, basta observar os sinais. Geralmente, quando alguma coisa está para acontecer ou chegar até sua vida, pequenas manifestações do cotidiano enviarão sinais que podem ser a palavra de um amigo, um texto lido, uma observação qualquer. Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará de colocar você no lugar certo, na hora certa, no momento certo, diante da situação ou da pessoa certa! Basta você acreditar que nada acontece por acaso! E talvez seja por isso que você esteja agora lendo estas linhas… Observe melhor o que está à sua volta. Com certeza alguns desses sinais já estão por perto e você nem os notou ainda. Lembre-se que o universo sempre conspira a seu favor quando você possui um objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.
Paulo Coelho (via sincronizar)
via source
Posted on sexta-feira
Reblog this18.003 notas
O vento só leva o que a gente deixa solto.
Desconhecido.  (via auroriar)
via source